Personal tools
Você está aqui: Home Notícias Boi é sacrificado em estádio da África do Sul para “abençoar” a Copa
Quer receber nossos boletins? Cadastre-se!
(Required)
(Required)
 

<< Ver todas as notícias


20/-/5-26 10h12
Document Actions

Boi é sacrificado em estádio da África do Sul para “abençoar” a Copa

Um ritual tribal para garantir uma espécie de ‘benção’ à Copa do Mundo da África do Sul foi realizado nesta terça-feira no Estádio Soccer City, palco da abertura e da final do Mundial. Nele, um boi foi sacrificado por um antigo guerreiro, de acordo com informações do site sul-africano Independent Online.

Zakhele Sigcawu, de 70 anos, é um guerreiro do clã Tshawe, da etnia Xhosa. O veterano sacrificou o animal enfiando-lhe uma lança entre os cornos. “Ele é um especialista em fazer isso”, disse Zolani Mkiva, presidente do Instituto da Realeza Africana, à publicação.

De acordo com o dirigente, as bençãos foram transmitidas automaticamente para as outras arenas que receberão jogos da Copa do Mundo. A cerimônia contou com quase 2 mil pessoas – a maioria vestida com trajes típicos representando diversas tradições e crenças da África do Sul.

Cerca de 300 curandeiros queimaram uma erva natural e tradicional das cerimônias religiosas e caminharam pelo local cantando ao som de tambores e dançando. Para realizar o sacrifício do boi, um cercado especial foi instalado no Soccer City.

Nota da Redação: Como se pode falar em bênção - termo que implica bondade, gratidão, proteção - à custa de um ato bárbaro e sem lógica alguma? Por que um inocente tem que dar sua vida de forma tão brutal e cruel com a justificativa bestial de abençoar um esporte com violência? Apesar de tantos protestos e campanhas mundiais para que o país se abstivesse de tão repugnante ato, a ignorância e o sadismo ainda mancham a cultura africana. Repúdio e indignação.


Fonte: ANDA
Matéria em: http://www.anda.jor.br/?p=63975