Personal tools
Você está aqui: Home Notícias Exame comprova que CCZ de Bauru faria eutanásia em cadela sadia
Quer receber nossos boletins? Cadastre-se!
(Required)
(Required)
 

<< Ver todas as notícias


20/-/5-21 11h46
Document Actions

Exame comprova que CCZ de Bauru faria eutanásia em cadela sadia

Quase três meses depois do caso sobre a cadelinha Xuxa ter vindo à tona (leia notícia aqui na ANDA), a contraprova finalmente saiu. O veredito? Xuxa é saudável. “Já sentíamos isso quando fizemos o primeiro exame, mas como a prefeitura pediu, realizamos este exame para provar”, diz a aposentada Marilu Gomes, 58. Foi ela quem salvou a vida do animal.

A cadelinha Xuxa quase foi eutanasiada pelo CCZ em janeiro de 2010. Na época, o CCZ afirmava ter feito exames a partir de amostras colhidas no animal em 2009 – e os exames indicaram leishmaniose.

Em exame pago por Marilu para confirmar ou não a doença, os resultados apontaram que Xuxa era saudável. Vale dizer que os métodos utilizados para obter cada um dos resultados foram os mesmos: Imunoensaio Enzimático (Elisa) e Reação de Imunofluorescência Indireta (Rifi).

Resultados contestam Centro

No dia 16 de abril o prefeito Rodrigo Agostinho e o secretário municipal de saúde Fernando Monti concederam uma entrevista coletiva para esclarecer e garantir que o caso Xuxa estava “aberto”.

O último exame, cuja coleta foi feita no dia 26 de abril, teve resultado divulgado no dia 10 de maio. O método utilizado foi por citologia aspirativa por agulha fina. Em conversa com um dos veterinários relacionados ao caso que não quis se identificar, os exames aliados ao relatório clínico mostram que Xuxa está bem. Paulo José Baccan Maximino, 32, veterinário da ProntoVet Clínica Veterinária disse que com esse quadro apresentado pelos exames sorológico, parasitológico e clínico, é certo que o animal esteja sadio até o momento da coleta do material.


Fonte: Anda
Matéria em: http://www.anda.jor.br/?p=61996