Personal tools
Você está aqui: Home Notícias Leões explorados em circos são libertados na Bolívia, para viver em santuário nos EUA
Quer receber nossos boletins? Cadastre-se!
(Required)
(Required)

A ProAnima é filiada ao:

 

<< Ver todas as notícias


20/-/6-01 9h09
Document Actions

Leões explorados em circos são libertados na Bolívia, para viver em santuário nos EUA

Por Raquel Soldera (da Redação), com colaboração de Antoniana Ottoni, da ADI

Quatro leões conseguiram a liberdade após serem explorados durante anos em espetáculos circenses, graças à lei que proíbe circos com animais na Bolívia, aprovada há quase um ano. O país é pioneiro na América Latina, e proíbe a exploração de animais selvagens e domésticos em espetáculos circenses.

Cada um dos leões resgatados pela ONG Animal Defenders International (ADI) foi colocado em uma jaula especial, completamente acordado, para serem transportados em um avião de carga, do aeroporto de Cochabamba, no centro da Bolívia, com destino à Sociedade de Bem-estar Animal, na Califórnia, Estados Unidos.

A atriz da minissérie CSI, Jorja Fox, estava com o time da ADI em São Francisco esperando para saudar os leões e disse: “Nós tivemos que superar o vulcão Islandês, greves, motins, todos os tipos de dificuldades logísticas, uma enorme papelada, e ainda uma visita presidencial na chegada dos leões ao aeroporto. Será maravilhoso ter a oportunidade de ver os leões caminhando livremente em suas novas habitações, sentindo a grama debaixo de seus pés pela primeira vez na vida.”

Leões viverão em santuário, nos Estados Unidos (Foto: PrensAnimalista)

Após anos de exploração, crueldade e maus-tratos, os leões finalmente poderão viver seus últimos dias com dignidade, tranquilidade e paz, com o mínimo de contato humano em um espaço de noventa quilômetros quadrados.

Infelizmente, uma leoa idosa, cega e mãe de três dos quatro leões não embarcou. Devido ao seu estado crítico de saúde, resultado dos maus-tratos diários a que foi submetida durante toda a sua vida, ela precisou ser sacrificada para evitar maiores sofrimentos, segundo Enrique Mendizabal, voluntário da Animal Defender International (ADI), que coordenou a operação de transferência dos leões.

foto dos leoes resgatados

Foto: Divulgação/ADI

No circo os cinco leões viviam em uma jaula um pouco maior que eles e eram submetidos a constantes maus-tratos. A crueldade com os animais foi filmada e divulgada, o que auxiliou no convencimento dos legisladores bolivianos a aprovar a lei que proíbe a exploração de animais selvagens e domésticos em circos.

Os felinos são os primeiros animais a conseguir a liberdade. Centenas de animais domésticos e selvagens ainda têm um destino incerto, vivendo em pequenos circos espalhados pela Bolívia, segundo organizações defensoras dos animais.

O prazo para que os circos se adaptem à lei, aprovada em junho de 2009, termina no final de junho deste ano. Esperamos que esta seja apenas a primeira história com final feliz para estes animais, que foram explorados e maltratados durante longos anos na Bolívia, e que agora possam, finalmente, viver em paz.

De volta à natureza

Após o resgate e os devidos cuidados, os animais foram liberados dos caixotes e soltos em um grande habitat natural, construído especialmente para eles. Fox ainda disse: “Que maneira maravilhosa para começar uma semana. Estes leões que viveram anos em jaulas minúsculas e enferrujadas em carretas de caminhões agora estão em casa para descansar”. O resgate provocou grande interesse na mídia e no público na América do Sul, principalmente neste momento em que o Brasil e o Peru estão prestes a votar medidas para banir o uso de animais em circos.

Com informações de PrensAnimalista

Fonte: Anda
Matéria em: http://www.anda.jor.br/?p=64788