Personal tools
Você está aqui: Home Perguntas Frequentes Quero adotar um cão para me fazer companhia, mas fico o dia todo fora de casa e não tem mais ninguem lá. Será que um cão se adapta? No fim de semana terei tempo para passear e brincar com ele.

<< Ler todas as perguntas frequentes


Document Actions

Quero adotar um cão para me fazer companhia, mas fico o dia todo fora de casa e não tem mais ninguem lá. Será que um cão se adapta? No fim de semana terei tempo para passear e brincar com ele.

Assim como você deseja companhia, um cão é um ser altamente social que requer companhia. De fato, ao contrário do que se pensa, a maioria dos cães requer mais companhia e atividades do que espaços imensos para correr.

Se você sai todo dia de manhã e volta só à noite ( e , às vezes, mais tarde, porque vai dar uma saidinha com os amigos), essa é uma situação em que um cão, sozinho, levará , na melhor das hipóteses, uma vida entediante. Na pior, poderá ficar perturbado, manifestar problemas de comportamento sérios e ficar hiperativo, destruir coisas  ou mesmo tornar-se agressivo em torno de pessoas. (Quantos de nós manteríamos o bom humor com uma vida de interações resumida a ver alguem rapidamente de manhã, enquanto ela toma o café , e depois, rapidamente de noite, quando ela está quase dormindo).

Além disso, há o problema da eliminação: o cão precisa ser levado para fazer suas necessidades e se exercitar no mínimo duas, mas idealmente três vezes por dia. E se for filhote, precisa ser alimentado 3-4 vezes por dia, e fazer xixi e cocô mais vezes ainda.
Algumas alternativas quem acha que pode dar um bom lar a um animal, gosta muito deles, mas trabalha todos os dias:
1) Adotar um cão mais velhinho, que já passe mais horas do seu dia dormindo, mesmo, separando bastante tempo para, de manhã e de noite passear e fazer carinho, e, se possível, contratar um amigo ou vizinho, ou porteiro,  para passar na hora do almoço para checar se está tudo bem.
2) Adotar dois cães que se dêem bem, para que um faça companhia ao outro, fazer dois passeios por dia, e contratar alguem para fazer m passeio ou visita na hora do almoço. Brinquedos, ossos seguros e um rádio ligado muitas vezes ajudam a manter os cães estimulados e distraídos.
3) Se gostar de gatinhos, adotar um ou dois que se dêem bem, deixando-os com brinquedos , uma boa vista de janela (TELADA!!!), áreas para arranhar, e bolar "circuitos" por onde possam escalar, se esconder, e se exercitar.
4) Se sua vida atual não permite um compromisso de tempo diário com um animal, só em eventuais fins de semana, que tal se voluntariar para passar um ou mais fins de semana com animais da ProAnima que esteja precisando de um "dengo" especial de vez em quando? fale conosco.